18 de mar de 2011

Echarpes Feelings!

Em inúmeras cores, estampas, cortes, tamanhos e formas, agregam elegância, sofisticação e modernidade aos visuais e complementam as peças básicas e de outras estações. Estes ganham vários modelos, desde o mais básico, liso, de motivos vegetais, estampas geométricas, lenços palestinos com influência árabe e palestina.  Agora com eles podemos nos valorizar ainda mais, aí vão algumas dicas : Lenços compridos e grandes ficam super bem em mulheres de seios pequenos ou médios, pois criam volume nessa região. Podem ser ainda, estampados. Os mais curtos amarrados no pescoço caem bem em mulheres de seios grandes. E são otimos para mulher que querem algonar o pescoço [eu mesmo que gosto de pescoço alongado utilizo essa técnica]. 
Até aqui perfeito não é? Porém entra a questão, como amarrá-los?
As opções para amarrar são inúmeras. Para amarrá-los ao pescoço basta soltar a criatividade e prendê-los da maneira desejada sempre amarrando com nós, laços ou ajeitando as pontas para que se projetem de maneira charmosa.


Mais Dicas:
1- Dobre o lenço ao meio em formato de triângulo, coloque ele envolta do pescoço com o bico para frente e as pontas para trás. Volte com elas (cada uma de um lado, cruzando atrás) e amarre na frente.
2- Outra opção é dobrá-lo várias vezes para que fique uma faixa retangular. Coloque-o no pescoço com as pontas para trás e volte com elas na frente, deixe-as caídas. Não aperte muito no pescoço.
3- Para cachecóis, dobre-o ao meio, puxe as extremidades, faça uma abertura com as mãos e coloque as extremidades dentro. Ou então, jogue-o no pescoço com as pontas para trás e volte com as mesmas enrrolando no cachecol à frente. Ajuste a gosto.Também há a possibilidade de amarrar a echarpe como se fosse um cachecol.
4- Com o lenço grande em formato triangular, deixe as pontas para frente e o bico para a trás. Prenda em um nó e ajuste na frente.Outra maneira é dobrar em forma de uma faixa fina e enrolar no pescoço em forma de espiral.
Há peças que deixam qualquer produção mais elegante e cheia de charme. As pashminas são assim. E de quebra, ainda ajudam a aquecer nos dias mais frios. Para quem ainda não conhece, pashmina é o nome do fio usado que se transforma em xales, blusas e mantas. Essas peças, de formato retangular de, no mínimo, um metro de comprimento são originalmentes feitas no Oriente, muito usadas no Egito, Índia e Tibet.
Os finíssimos fios são extraídos de cabras criadas exclusivamente para esse fim. Como uma cabra produz pouco por ano, a Pashmina acabou virando uma peça de luxo, com preços muitas vezes “salgados”, embora haja versões mais baratas de fios misturados. “Uma pashmina de verdade raramente era encontrada no Brasil. Há mais ou menos dois anos, elas começaram a aparecer. Uma de boa qualidade não custa menos que R$ 200. “No outono, elas já começam a serem usadas. Jogadas sobre o ombro ou mais enroladas no pescoço, as pashminas complementam os visuais mais básicos. Na meia estação, a peça combina bastante com uma regata e uma rasteira. Para os tempos mais frios, prefira jogar por cima de uma malha. Versáteis e bem levinhas, elas são perfeitas para aquelas ocasiões em que você não quer ficar segurando casaco pesado, pois a pashmina dobradinha cabe na bolsa.




Eu quero deitar e rolar com pashiminas, lenços e echarpes, em breve posto fotos com looks nesse estilo. Bom amores, espero mais uma vez que tenham gostado das dicas e tudo mais. Até a próxima!

Obs.:Esse post é dedicado a minha leitora assídua do blog Amandinha, estão aí as dicas querida!

Bjs da Lú

Um comentário:

  1. aaaaaah, sabiaa, que vc ia tirar todas as minhas duvidas, Lúu. tudo que eu queria saber tá nesse post. Demais!
    Obrigada, lindaa. Amei!

    ResponderExcluir