8 de jun de 2011

Hidratação Capilar!

Seus cabelos estão dando sinal de cansaço e você não tem tempo (ou dinheiro!) para ir ao salão de beleza? Não se desespere, é possível resolver o bad hair day sem sair de casa com uma poderosa hidratação. Comprando o produto certo, o resultado não fica tão aquém do obtido com a ajuda de um profissional.
Além da praticidade, o baixo custo do procedimento caseiro é animador: dependendo do cosmético, não se gasta mais que R$ 10, ao passo que no salão de beleza a hidratação pode custar de R$ 60 a R$ 500. Alie economia, eficiência e praticidade e... mãos à obra!

Escolha o produto

O primeiro passo é escolher o produto. Deixe a preguiça de lado e faça um "tour" pelas farmácias e supermercados. Não se esqueça de pegar dicas com as amigas, podem ser bastante valiosas. Os cosméticos se apresentam de várias formas - máscara, creme de tratamento, creme hidratante, mas a função é uma só: devolver os nutrientes aos fios, deixando-os mais maleáveis, sedosos e brilhantes, ou seja, dando nova vida. Os preços são diversos: de R$ 3 a R$ 75, às vezes mais. 
Para Solange Peixoto, consultora técnica da Embelleze, as mulheres estão buscando, cada vez mais, fazer a hidratação capilar em casa. "Com a vida corrida, é uma tendência. E o mercado está acompanhando essas transformações. Hoje é possível encontrar uma variedade enorme de cremes de tratamentos que proporcionam brilho, maciez e vida aos cabelos. Tudo isso com praticidade", diz.
Como dica, a especialista sugere os produtos com broto de bambu. "Essa matéria-prima é conhecida há milênios na cultura oriental como um alimento altamente nutritivo, pois possui diversos aminoácidos, minerais e vitaminas A, B e C", justifica.

Funciona mesmo?

Todo mundo fica mais seguro nas mãos de um profissional, não é mesmo? Mas quando o assunto é hidratação não precisa ter medo."O efeito do tratamento feito em casa pode ficar bem parecido com o realizado no salão. Mas para isso a pessoa deve ter paciência e saber manusear o produto, principalmente, ao aplicar nas mechas. Um erro comum, por exemplo, é aplicar o produto com os cabelos muito molhados".

É fundamental ler com atenção as recomendações da embalagem, respeitando o modo de usar, o tempo de ação e a frequência de uso. Alguns cosméticos têm o diferencial de potencializar os efeitos da hidratação em poucos minutos, dispensando, inclusive, o uso de toucas térmicas, o que torna o procedimento ainda mais simples. Normalmente, esse tipo de produto é chamado de máscara. Outra dica bacana é escolher um creme que possa ser usado depois, no dia a dia, como condicionador. Assim o seu dinheiro rende mais, certo?

Quem pode

Embora os cabelos ressecados sejam o principal alvo da hidratação, nesse ponto não existe consenso entre os especialistas. Pessoas com couro cabeludo muito oleoso devem ter cuidado e fazer um tratamento bem específico. Todos os tipos de cabelos devem se submeter a hidratações, até os considerados extremamente oleosos. A oleosidade está concentrada na raiz e não no restante do fio". É preciso dar mais atenção aos danificados pelo sol, piscina, praia, poluição: "Os menos detonados podem se privar um pouco desse procedimento."
Quanto às matérias-primas do momento, os cabeleireiros indicam óleo de argan, queratina, aloe vera, jaborandi (exceto para os oleosos) e quinoa. "Os étnicos normalmente precisam de queratina. Se for um cabelo que já nasce ressecado, é necessário repor o aminoácido. "Os fios étnicos devem ser hidratados toda semana, pelo menos durante um mês inteiro. Depois, o intervalo pode ser quinzenal. Essa periodicidade serve também para os enrolados, que costumam ressecar mais facilmente. Já os lisos pode se submeter ao tratamento apenas uma vez por mês."


Fazendo a coisa certa

Escolhido o produto de sua preferência, é hora de botar a mão na massa. Dica número 1: tenha paciência para manusear o creme, principalmente, ao aplicar nas mechas. Portanto, se estiver com pressa, desista. Importante não iniciar com os fios muito molhados. Separe os cabelos em mechas e aplique o produto em cada uma delas, massageando durante dois ou três minutos, da raiz às pontas. Muitos cabeleireiros dizem que a massagem bem feita é o segredo da boa hidratação.

Feito isso, prenda todo o cabelo em um coque e, dependendo da recomendação da embalagem, ponha uma touca de alumínio (custa menos de R$ 5 em lojas do ramo) por pelo menos meia hora a 40 minutos. Enxague com bastante água fria, que ajuda a fechar as escamas e proporciona mais brilho. Tire o excesso de água com uma toalha, penteie e deixe secar naturalmente. Se você fizer uma escova verá que o efeito da hidratação fica ainda mais nítido.

E então meninas? gostaram das dicas? Borá lá fazer uma mega power hidratação em casa sem medo, de vez enquando ficava olhando o que minha cabeleireira Neusa usava no meu cabelo e percebi que eu encontrava em qualquer cosmética e perfumaria. Não tô dizendo a vocês que abandonem o tratamento do salão não, é minha opinião gente, faço cuidados do meu cabelo em casa, vou no salão poucas vezes no ano para fazer uma cauterização, ou um tratamento mais profundo. Afinal máscaras de hidratação, cremes e afins não são baratos, custa muito e a gente tem que fazer valer a pena RESULTADO#.
Bjs da Lú

Nenhum comentário:

Postar um comentário